O lockdown e as escolas

Geral

Dr. Alessandro Loiola

Publicado em 16/11/2020

Dos vários setores atingidos pelo lockdown no Brasil, as escolas merecem um desenvolvimento à parte.

Somados, o Ensino Fundamental e o Ensino Médio totalizam 47,8 milhões de alunos – uma Espanha inteira –, sendo que 80% deles se encontram na rede pública. Mas quantidade nunca foi qualidade, nossos alunos e professores são uma prova disso: um Analfabeto Funcional é conceituado como um indivíduo que, embora saiba reconhecer letras e números, é incapaz de compreender textos simples, bem como realizar operações matemáticas mais elaboradas. Segundo o indicador Inaf de 2019, 29% dos brasileiros com mais de 15 anos podem ser considerados analfabetos funcionais – o que equivale a mais de 46 milhões de pessoas. 

Em outros termos: o Brasil tem uma quantidade de analfabetos funcionais equivalentes à soma dos habitantes da Austrália, Suécia, Finlândia e Dinamarca.

Em termos de analfabetismo pleno, temos 13 milhões de pessoas (8% da população acima dos 15 anos idade, chegando a 15% no Nordeste). Em números totais, carregamos nas costas uma Tunísia inteira de pessoas que não sabem reconhecer letras e nem mesmo desenhar o próprio nome. 

Conteúdo exclusivo para assinantes

Para continuar lendo e ter acesso a esse conteúdo exclusivo, assine clicando abaixo.

Assinar